Sábado, 24 de Agosto de 2019
PITACO DO NEGRITUDE

Confiança x Lagarto e "A derrota do preciosismo"

Publicada em 28/02/19 às 10:30h - 61 visualizações

por Adailson Cruz


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Partida entre Confiança x Lagarto  (Foto: ASCOM/FSF)
Nem o torcedor azulino mais desacreditado do mundo, suspeitaria de um resultado tão drástico, como o que foi registrado no painel eletrônico da Arena Batistão em 26 de fevereiro de 2019. Resultado para entrar para a história do Confiança em campeonatos sergipanos. Antes do jogo, o elenco do dragão do bairro industrial gozava de uma tranquilidade absoluta no sertame estadual. Primeiro colocado, com quatro pontos à mais que seus seguidores: Dorense e Lagarto. Um empate na noite de quarta-feira, 26/02, daria o privilégio de se sagrar campeão da primeira fase do estadual, lhe proporcionando a oportunidade de garantir o acesso à Copa do Brasil de 2020. Tudo ía bem, até o início do jogo contra o verdão da cidade de Lagarto. Toda essa aparente sensação de bem estar, ocasionou um status de campeão por antecipação, e isso trouxe um relaxamento circunstancial para o elenco azulino, de forma que esqueceram que iriam enfrentar uma equipe super regular, também invicta, e que tinha vencido o arquirrival Sergipe e empatado com o Itabaiana. “Respeito é bom e eu gosto”, como diziam nossos antepassados. O Givanildo Sales, técnico do Lagarto, entendendo que não podia enfrentar um dragão ameaçador de igual pra igual, tratou de montar um esquema mais que inteligente, usando uma linha de marcação perfeita, neutralizando os meias do Confiança e pressionando o adversário do meio de campo pra frente, deixando o dragão atônito e sem poder de fogo, o que muito facilitou para que nos primeiros minutos de jogo, o Verdão fizesse logo o primeiro gol. O Confiança sem esboçar nenhuma reação, e sem rumo, mal chegou ao ataque do periquito, que fez o segundo e o terceiro gols ainda no primeiro tempo.
No segundo tempo, o Confiança entrou em campo sem modificação, e foi logo tratando de dar um susto no time do interior, diminuindo o placar. Bem que tentou reagir logo,  com velocidade pelos flancos do campo. Mas, ao chegar no ataque desperdiçou algumas chances. O Lagarto parecia meio assustado, e percebeu que se não tivesse equilíbrio emocional, poderia ser surpreendido pelos donos da casa, que buscavam diminuir cada vez mais o placar. No entanto, a tão sonhada reação que o torcedor azulino tanto esperava, parecia cada vez mais distante, pois os jogadores do dragão voltaram a cometer os mesmos erros do primeiro tempo. Falta de aproximação do meio de campo com o ataque, erros cruciais de fundamentos, time desarrumado e sem controle de bola. O atacante Tito, algumas vezes teve que buscar as bolas no meio, pois os meias de ligação do Confiança pouco criavam, assim, o Lagarto fez o quarto gol e teve chance de fazer o quinto, não fosse o paredão Genivaldo que cometeu uma falta fora da área, sendo expulso em seguida. Depois disso, o Lagarto segurou a bola em sua intermediária e chamou o Confiança para o baile, que desanimado não expôs nenhum poder de reação e só esperou o apito final do árbitro para se queixar das lamúrias fora de campo.
Final, Confiança 1 X 4 Lagarto, em plena Arena Batistão, ficando a lição de que, jogo só se ganha em campo, e vantagem não vence trabalho. Parabéns ao Lagarto pelo belíssimo trabalho no Campeonato Sergipano de 2019, e parabéns ao seu treinador, que montando um esquema tático diferenciado, não permitiu que o Confiança pudesse apresentar um bom futebol na partida. Méritos para Givanildo Sales e sua boa equipe, que obedeceu taticamente o que seu treinador propôs.


ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

1 comentários


BELL MATOS

18/03/2019 - 10:25:50

O MELHOR PITACO DA WEB!


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário






Nosso Whatsapp

 (79)9-8810-8314

Visitas: 61742
Usuários Online: 6
Copyright (c) 2019 - Portal Web Rádio e TV União de Sergipe